sábado, 20 de fevereiro de 2010

Peixes: santo, louco ou pecador?

O Sol entrou no signo de Peixes.
Difícil descrever o que rola na mente e no coração de um pisciano.
Tentar descobrir é o mesmo que mergulhar no inescrutável.
Existe um lado salvador, pagador de promessas, meio santo, meio louco, cantor, ator, fanático religioso, 171, psicólogo, curador, médium e paranormal, desleixado, indeciso, desapegado, beberrão,  o tal João de Santo Cristo, ou Maluco Beleza, místico, lunático,.. e coisas assim... Isso porque a sensibilidade de um pisciano é mesmo coisa do outro mundo... Vai entender só.  Tem que enlouquecer junto pra poder penetrar no mundo de um pisciano.


Sou um ascendente em Peixes, e digo, é duro me aguentar ás vezes..  ;-)
Peixes vivem no mar....da ilusão, da fantasia, do imponderável, do incognoscível , e desprezam o conforto da mesmice... mas acabam tendo que pagar um preço muito alto: a incompreensão dos outros.
Nada de pés no chão, mas sim cabeça nas estrelas.
Pagar as contas? Organizar a bagunça? Planejar ? Pra quê? Deixe isso para os virginianos...
E por falar nos de Virgem, Peixes é o signo oposto; enquanto que Virgem organiza, particulariza, e é fã do detalhe e do perfeccionismo, Peixes se desliga, globaliza, virtualiza e se esvai.



Mas, no fundo..no fundo..o que todos piscianos querem, de uma forma ou de outra, é entender o segredo do Universo (nenhuma alusão a Unidos da Tijuca, rs)... Querem é falar com Deus. Mas, difícil o caminho, e por isso muitos piscianos resvalam para o lado negro da força, porque não entendem bem o que sentem, que força é essa que carregam dentro de si e afinal qual é o sentido Vida; daí para as drogas, bebidas, ..é um pulo, porque querem é sentir o êxtase, sabe lá como, mas querem sair deste mundo que os sufoca.
Pra terminar, pensei... tem que ser no estilo pisciano, ou seja, com música e que bem represente um dos lados de Peixes.
Fiquei em dúvida entre "Maluco Beleza", do Raulzito e " Metal Contra as Nuvens "  do Renato Russo, mas decidi por Gilberto Gil, que tão bem expressou esse jeito pisciano de ser com a música ..." Se Eu quiser falar com Deus".

Se eu quiser falar com Deus
Tenho que ficar a sós
Tenho que apagar a luz
Tenho que calar a voz                                     
Tenho que encontrar a paz
Tenho que folgar os nós
Dos sapatos, da gravata
Dos desejos, dos receios
Tenho que esquecer a data
Tenho que perder a conta
Tenho que ter mãos vazias
Ter a alma e o corpo nus                        
Se eu quiser falar com Deus
Tenho que aceitar a dor
Tenho que comer o pão
Que o diabo amassou
Tenho que virar um cão
Tenho que lamber o chão
Dos palácios, dos castelos
Suntuosos do meu sonho
Tenho que me ver tristonho
Tenho que me achar medonho
E apesar de um mal tamanho
Alegrar meu coração
Se eu quiser falar com Deus
Tenho que me aventurar
Tenho que subir aos céus
Sem cordas pra segurar
Tenho que dizer adeus
Dar as costas, caminhar
Decidido, pela estrada
Que ao findar vai dar em nada
Nada, nada, nada, nada
Nada, nada, nada, nada
Nada, nada, nada, nada
Do que eu pensava encontrar

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Meio do Céu, Sol e Akhenaton

Saudações sob os auspícios de Vênus conjunção Júpiter em Peixes.





Meio do Céu...
Sol a pino, espargindo brilho, calor, energia, vitalidade.
A figura acima mostra bem isso; eles dançam, cantam a Glória dos Céus:o Sol, Astro Rei, Representante do Divino.
Lembro-me de um dos faraós do Antigo Egito, o jovem Rei filósofo, artista e místico, marido da bela Nefertiti, e adorador do disco Solar (Aton);  que ficou conhecido como o Filho do Sol: o Faraó Akhenaton, que quer dizer aquele que serve Aton.



M.C. (Medium Coeli): tecnicamente, o ponto na Eclíptica onde se marca o Sul da localização para a qual um mapa foi calculado, e onde o Sol está no meio dia no tempo local médio. O ponto de culminância do Sol. 



Num mapa astrológico, dependendo do sistema de casas adotado, marca o início (cúspide) da casa dez, para onde convergem nossos anseios de crescimento profissional,  sucesso, e sinaliza como somos vistos, status; enfim, onde materializamos nossos sonhos, nossa vocação, meio de vida, nossos talentos. É um ponto de grande importância no mapa, assim como o Ascendente. 
Normalmente na análise das previsões quando o M.C. é ativado de alguma maneira é porque viveremos momentos marcantes no período analisado.


Só nos realizamos se a casa dez (M.C.) do mapa estiver bem representada e vivenciada.
Os que nasceram por volta do meio dia tem o Sol próximo ao M.C. ou na casa dez do mapa. Mas isso por si só não garante sucesso absoluto, etc., caso os outros aspectos astrológicos sejam difíceis no mapa; ou o astro regente do M.C. esteja mal colocado, entre outros pontos; mas se enche de relevância e desafios para se firmar no campo profissional e na concretização dos sonhos.



Qualquer planeta próximo (conjunção) ao M.C. tem grande importância pois influencia a pessoa de maneira surpreendente.
Este é o caso do místico Max Heindel (mapa abaixo), que tem Netuno no M.C., evidenciando sua vida dedicada ao lado místico. Max Heindel foi fundador da Fraternidade Rosacruz.



Outro caso é o de Albert Einstein (abaixo). Ele tinha Saturno próximo ao M.C, típico dos que se dedicam à Ciência.




E você? Sabe para onde "aponta" o M.C. do seu mapa? Tem ideia de como sua casa dez está representada astrologicamente?
Fico por aqui e até o próximo post.


Para encerrar, como citei Akhenaton, deixo-vos com belos trechos de um de seus belos Hinos em louvor a Aton(Sol), ... o Deus Universal.


Paz & Bem a todos na magnificência do Astro Rei...
Ó poderoso Aton! Que Brilhe sob nossas mentes e corações.





Prece de Akhenaton ao Deus Universal
(XVIII Dinastia Egípcia - 1365 A.C.)




Tu surges belo no horizonte do céu
Ó Aton vivo, que deste início ao viver.
Quando te ergues no horizonte oriental, todas as terras enches de tua beleza.
Tu és belo, grande, resplandecente, excelso sobre todo o país;
Os teus raios iluminam as terras
Até o limite de tudo o que criaste.
Tu és  Rá e conquistas até o seu limite.
Tu as unes para teu filho amado.
Tu estás longe, mas os teus raios encontram-se sobre a Terra,
Tu estás diante (da gente), mas eles não vêem o teu caminho.
Quando tu vais em paz ao horizonte ocidental,
A terra fica na escuridão como morta
Os que dormem encontram-se em suas camas(...)

Ó Senhor da eternidade!
O Nilo do céu é teu (presente) para os estrangeiros
E para todos os animais do deserto que caminham sobre os pés:
Mas o Nilo verdadeiro vem de Duat para o Egito.
Os teus raios trazem a nutrição para todas as plantas;
Quando Tu resplandeces, elas vivem e prosperam para ti.
Tu fazes as estações
Para que se desenvolva tudo o que tu crias:
O inverno para refrescá-las,
O ardor para que te degustem.
Tu fizeste o céu distante
Para brilhares nele
E para ver tudo, Tu único
Que resplandeces na forma de Aton vivo,
Nascido é luminoso, distante e também vizinho.
Tu apresentas milhões de formas de Ti, Tu único:
Cidades, povoados, campos, caminhos, rios(...)