domingo, 28 de março de 2010

Princípio Hermético da Correspondência

"O que está em cima é como o que está embaixo, e o que está embaixo é como o que está em cima".



Este é o Princípio Hermético da Correspondência.
O quero aqui colocar é que tudo neste Universo é Setenário e que, astros, chackas, corpos sutis,  etc..tudo se corresponde vibratoriamente;  vejamos:
  • Sete Astros: Sol, Lua, Mercúrio, Júpiter, Marte, Vênus e Saturno..
  • Sete Corpos Sutis: Átmico, Búdico, Mental Superior, Mental Concreto ou Inferior, Astral, Etérico e Físico 
  • Sete Chacras (Centros de Força Sutis do Homem): Coronário, Frontal, Laringeo, Cardíaco, Umbilical, Esplênico e Básico.
Os corpos sutis ou  vibracionais ( Átmico, Búdico, Mental Superior, Mental Concreto ou Inferior, Astral, Etérico e Físico) que "vestem" a Consciência, Espírito ou Mônada - a Centelha Divina, são nossos "veículos" em nossa viagem de volta ao Todo, a Unidade perdida, Deus, quando por Livre-Arbítrio, na noite dos tempos, resolvemos e escolhemos outra via evolutiva; daí a necessidade de envergarmos estes corpos sutis neste Universo Manifestado, vibrado. Mas, esse é assunto complexo para poder aprofundar aqui, agora.
O que me interessa neste post é apenas descrever resumidamente o papel da Astrologia nisso tudo, para ser mais exato: uma introdução ao assunto.

Mas, o que são chacras? Essa palavra vem do sânscrito e significa "roda"; e são os centros de força, de captação de energias etéricas-astro-mentais.  Energias, se assim posso me expressar,  que fluem do Corpo Mental para o Físico, passando pelo Corpo Astral e Etérico. Como que abastecem-nos do Hálito de Deus.
Temos sete vórtices principais, sete canais de comunicação energética que vitalizam e comunicam todos nossos corpos. Esses sete centros de força, ou chacras, estão representados no corpo físico pelas glândulas endócrinas, que, por sua vez, são associadas aos planetas. Mas, todo e qualquer órgão, sistema ou chacra do nosso corpo físico e energético recebe a influência combinada de mais de um planeta, sendo que, de acordo com o aspecto observado, um planeta pode predominar sobre os outros. Daí a diversidade de interpretações que existem ao se associar os centros de força aos planetas.

Exemplo:o Sol.
Porque ele é considerado a própria expressão do Eu no mapa astral, os ideais, a identidade? O Sol está relacionado ao chacra coronário, o centro de "captação" no "alto da cabeça". Quando no mapa astral o Sol está tencionado, muito mau colocado, a pessoa costuma exacerbar seu orgulho, sua arrogância, seu Ego, em detrimento do Eu Espiritual, do Ser Verdadeiro que é. Trata-se de uma distorção. Por outro lado, se bem colocado no mapa, a energia poderosa que vem do "Alto"jorra facilmente e o indivíduo encontra-se bem consigo mesmo, senhor de Si. Dependendo de outros fatores este será o seu sucesso ou fracasso, no que tange a mente, ao poder da vontade.
E a má colocação do Sol no mapa pode indicar o mau uso da Vontade, do intelecto e, se não for feito nada que mude a trajetória dos pensamentos perniciosos que possam conduzir a atos dantescos,  poderão surgir problemas no complexo celular e distonias mentais, resultados de uma mente doentia, egóica, sórdida. Neste ponto, o chacra coronário em nada se parece com a "roda" brilhante, alva, refletindo a Luz Divina, mas sim algo sem brilho, indicando que o indivíduo precisa é de ajuda, está doente. 
E aí entram as terapias holísticas que de alguma maneira possam ajudar no reequilíbrio. 

Claro está que tudo começa na Mente, ou melhor, no Espírito; mas o Corpo Mental Inferior insufla  suas insuficiências e distorções sobre os corpos, astral, etérico e físico; sendo que, neste último- no corpo somático-  o problema surge de maneira concreta, são as doenças. 



 Aos interessados em conhecer mais a respeito do assunto, indico o livro da Donna Cunningham,  Astrologia e cura através das vibrações; neste ela menciona de forma sucinta essa discrepância sobre qual planeta pertence a que chacra e faz uma excelente leitura sobre os bloqueios ou distúrbios que podem ocorrer por posicionamentos difíceis dos planetas. Além de indicar possíveis terapias, uso de mantras, florais, etc., que possam ajudar no alinhamento dos chacras, na relação com os astros, etc.
Outro livro fundamental, porém que não se limita aos chacras, mas que apresenta muito bem essa relação energética, corpos sutis, terapias energéticas, etc., é o Medicina Vibracional, do médico Richard Gerber.


Vejam a correspondência entre os chacras e os elementos, por exemplo:


Enfim, o assunto é longo e complexo e apenas desejo despertar o interesse. Deixo então bibliografia básica sobre o assunto:
  • "Astrologia e cura através das vibrações", Donna Cunningham;
  • "Os Chakras, de C.W. Leadbeater;
  • "Medicina Vibracional", de Richard Gerber 
  • Para os mais interessados nos temas teosóficos, tem os livros da Sociedade Teosófica
        http://www.sociedadeteosofica.org.br/home.asp






 

Nenhum comentário: